ISO 14046 – Pegada Hídrica

A Norma Internacional ISO 14046:2014 especifica princípios, requisitos e diretrizes relacionados com a avaliação da pegada hídrica de produtos, processos e organizações com base na avaliação do ciclo de vida (ACV).

A norma supramencionada fornece princípios, requisitos e linhas de orientação para conduzir e relatar uma avaliação da pegada hídrica como uma avaliação autónoma, ou como parte de uma avaliação ambiental mais abrangente.

A Pegada Hídrica é um indicador ambiental que permite medir o volume de água doce (litros ou metros cúbicos) utilizado ao longo de toda a cadeia de produção de um bem de consumo ou serviço. Considerando que a elaboração de relatórios está no âmbito desta Norma Internacional, a comunicação dos resultados do cálculo da pegada hídrica, seja sobre a forma de rótulos ou declarações está fora do âmbito desta norma de referência.

De acordo com a Water Footprint Network, a pegada hídrica é composta por três elementos:
 Pegada hídrica verde: é a água de precipitações (chuva e neve) que fica armazenada na terra, na área das raízes e que se evapora, transpira ou é incorporada pelas plantas. É particularmente relevante para os produtos agrícolas, hortícolas e florestal.
 Pegada hídrica azul: é a água proveniente de recursos hídricos subterrâneos ou em superfície e que se evapora durante a produção de um bem, é agregada ao mesmo ou é descarregada no mar. A agricultura com irrigação, a indústria e o uso doméstico da água podem ter uma pegada hídrica azul.
 Pegada hídrica cinza: é a quantidade de água fresca necessária para diluir a água poluída no processo de produção até que esta cumpra determinados padrões de qualidade.

Uma avaliação da pegada hídrica de acordo com a norma de referência deve incluir quatro fases de avaliação do ciclo de vida:
1. Definição do objetivo e âmbito;
2. Análise do inventário da pegada hídrica;
3. Avaliação de impactes;
4. Interpretação de resultados.

Considerando a constante pressão nos recursos hídricos, bem como a realização de que este recurso é finito, torna urgente a adoção de medidas que permitam a redução da pegada hídrica, que passará numa primeira fase pela avaliação do impacte do bem de consumo ou serviço, permitindo aferir as etapas com maior impacte e priorizar medidas de minimização do(s) mesmo(s).

Para mais informações: enviestudos@enviestudos.com

 

Partilhe este post:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar no website concorda com a nossa Política de Privacidade e Cookies.