Com as várias atualizações dos referencias de Sistemas de Gestão alimentar, a terem que ser implementados nos próximos dois anos, a EnviEstudos faz uma forte aposta na formação em Sistemas de Gestão de Segurança alimentar, apresentando 4 cursos para os quatro principais referenciais nesta área: ISO 22000:2018, FSSC 22000 vs 5, BRC vs 8 e IFS vs 6.

O que há de novo nestes referenciais?
A nova da FSSC 22000 Vs 5, incorpora todas as melhorias incluídas na nova norma ISO 22000, que foi publicada em junho de 2018. A grande alteração é a adição de uma parte separada que contém requisitos adaptados às organizações. Esta nova parte destina-se a melhorar a transparência sobre as expectativas para as Organizações.
A adoção da nova estrutura da FSSC-22000 na Versão 5 oferece uma grande oportunidade para as organizações permitirem a integração de seu sistema de gestão da segurança alimentar com outros sistemas de gestão, como o ISO 9001, para gestão da qualidade, Integrado com um foco nos riscos operacionais e que agora há uma consideração adicional para os riscos e oportunidades organizacionais que permitem práticas comerciais mais sustentáveis e consistentes para todas as partes interessadas ao longo da cadeia Alimentar.
Todas as empresas já certificadas FSSC-22000 Vs 4.1, já não poderão realizar as suas auditorias anuais nesta versão, sendo que a partir de 1 de Janeiro de 2020 terão que fazer o Up Grade para a Versão 5.

ISO 22000:2018?

• Harmonizado com ISO 9001 e ISO14001 usando a Estrutura de Alto Nível (HLS)
• Fortes ligações com o Codex Alimentarius
• Termos e definições, é usada a Base de dados ISO/IEC. Foram adicionados elementos de segurança alimentar, CCP, oPRP e outros elementos adicionais
• Ciclo PDCA implementado com abordagem de processo para o sistema de gestão do FSMS paralelo ao PDCA com HACCP na operacionalização da segurança alimentar
• As responsabilidades da administração foram estendidas, incluindo a evidência da liderança e apoio a todas as outras funções de gestão relevantes na organização
• Como parte do recurso da organização é o ambiente de trabalho descrito como combinação de fatores humanos e físicos