Devido à particularidade da atual situação decorrente da doença COVID-19, muitos trabalhadores dos mais variados setores, viram o seu local de trabalho ser deslocalizado das instalações da sua entidade patronal para a sua habitação passando a estar em regime de trabalho remoto. Esta nova realidade, se por um lado se afigura como uma medida com alguns benefícios tanto para o trabalhador diretamente como no combate à pandemia, pode ser um fator de agravamento das condições de trabalho e consequente aumento do risco ergonómico para o próprio trabalhador, fruto da inadequabilidade do local escolhido para o desempenho das tarefas profissionais. Sendo um requisito básico no que às condições de HSST diz respeito, a iluminação do local de trabalho é de crucial importância, devendo ser adequada não só no posto de trabalho habitual, mas também no local onde é desempenhado o trabalho remoto, não só para garantir as condições ergonómicas e de conforto do trabalhador, mas também como forma de garantir que as tarefas a executar são realizadas de modo correto e em condições de segurança.

Torna-se por isso fundamental garantir que os trabalhadores no exercício das suas funções, independentemente do local, possuem um adequado nível de iluminância.

O EnviLab – Laboratório de Monitorização da EnviEstudos, encontra-se Acreditado para a realização da Determinação da Iluminância em Postos de Trabalho Interiores e Exteriores.

[email protected]