A importância das despesas do setor público relativos a bens e serviços na Europa é bastante elevada. As compras públicas ecológicas (CPE) constituem um instrumento para atingimento dos objetivos da política ambiental promovendo a redução da poluição, consumo de recursos naturais e o aumento da eficiência dos sistemas.

Neste sentido, a Estratégia Nacional para as Compras Públicas Ecológicas (ENCPE 2020) pretende ser essencialmente um instrumento complementar na política do Ambiente e promover a economia circular através da integração de critérios ecológicos nas compras públicas.

A grande vantagem da compra ecológica é, para além do poder comercial destas ações, a redução das despesas associadas à aquisição de bens e/ou serviços, nomeadamente quando se analisa esta aquisição em termos de custos totais do ciclo de vida e não apenas o seu valor de aquisição.

Encontra-se em Discussão Pública até 28/12/2018, os manuais produzidos pelos grupos de trabalho (GT) para definição de critérios ecológicos, para os seguintes bens e serviços prioritários:
• Edifícios de escritório (conceção/construção/gestão);
• Equipamentos elétricos e eletrónicos (EEE) na saúde;
• Iluminação pública e sinalização rodoviária;
• Papel de cópia e impressão;
• Produtos alimentares e serviços de catering;
• Transportes.

A EnviEstudos, na sua alargada experiência em termos de serviços de sustentabilidade, tem as competências necessárias para ajudar a sua organização a elaborar e implementar com sucesso uma política flexível e adequada a sua realidade em matéria de CPE.

Contacte-nos para o e-mail [email protected]